RELEASE

Definição limita 
Liberdade criativa 
(e de vida, só diz não quem pode) 
Metrifico se e quando quero 

Questões da existência 
O ser e sua aparência 
A fé em sua essência 
Simples, como a rima em sua pobreza
Para e pensa! 

Influi-me o black, o jazz, o pop, 
O rock, o gospel, a bossa... 
Nova essa nossa história 
Eu, com meus sons internos... 
Toda poesia de sonoros versos 

Notas outrora cantadas 
Poucamente sinceras, nessas, 
Vos espera a Verdade 
Despretendida de ser a mais bela 
De impôr-se absoluta, ela única 
Pois aquele que É, é por ser 
Atravessa o tempo 
Conquista você!

O nome da gente diz quem somos, 
O sobrenome, de onde somos 
E o que o outro diz de nós 
Muito prazer, do latim, alegria, Letícia, em parte, dos Goes.


Um comentário:

  1. Achei lindo seu novo blog,nega!!! Admiro vc!!!Beijão no coração

    ResponderExcluir